Movimentos Osteocinemáticos e Artrocinemáticos

Padrão

MOVIMENTOS OSTEOCINEMÁTICOS

Os movimentos osteocinemáticos são os movimentos fisiológicos ou clássicos da diáfise óssea. Estes movimentos podem ser realizados voluntariamente pelo paciente de acordo com os planos cardeais do corpo e seus eixos. Os eixos unem as partes que os planos separam.

Plano Sagital ou Mediano / Eixo Frontal: Divide o corpo em lados direito e esquerdo. Os movimentos realizados neste plano são os de flexão e extensão.

Plano Frontal / Eixo Sagital: Divide o corpo em partes anterior(ventral) e posterior(dorsal). Os movimentos realizados neste plano são os de abdução e adução.

Plano Transversal / Eixo Longitudinal: Divide o corpo em partes superior  e inferior. Os movimentos que ocorrem neste plano são as rotações interna e externa.

MOVIMENTOS ARTROCINEMÁTICOS

Os movimentos artrocinemáticos são os movimentos que ocorrem no interior da articulação e, eles descrevem a distensibilidade na cápsula articular permitindo que os movimentos fisiológicos ocorram ao longo da amplitude de movimento sem lesar as estruturas articulares. Estes movimentos não podem ser realizados ativamente pelo paciente, geralmente são muito utilizados para restaurar a biomecânica articular normal diminuindo a dor , alongando ou liberando com menos trauma determinadas estruturas.

São cinco os movimentos artrocinemáticos: giro, rolamento, tração, compressão e deslizamento.

Rolamento: Durante o rolamento um osso rola sobre o outro com a seguintes características :

- As superfícies são incongruentes.

- Novos pontos de uma superfície encontram novos pontos na superfície oposta.

- Nas articulações com a biomecânica normal o rolamento só ocorre em combinação com os movimentos de deslizamentos e giro, porém quando o rolamento ocorre sozinho causa compressão nas superfícies do lado que o osso esta se movendo, o que pode provocar uma lesão articular, e uma separação no outro lado.

- A superfície que se move seja ela convexa ou côncava não influencia a direção do movimento ósseo .

Deslizamento: Durante o deslizamento um osso desliza sobre o outro com as seguintes características:

- As superfícies articulares são congruentes.

- O mesmo ponto em uma superfície faz contato com novos pontos na superfície oposta.

- O deslizamento não ocorre sozinho devido as superfícies articulares não serem totalmente planas, ou seja, completamente congruente.

- Diferentemente do rolamento, a superfície articular que se move influência a direção do deslizamento, o que é chamado como regra convexo-côncava .

- Quando a superfície articular que se move é convexa o deslizamento ocorre na direção oposta à do movimento angular do osso.

- Quando a superfície que se move é côncava o deslizamento ocorre na mesma direção do movimento angular do osso.

Compressão: Durante a compressão uma superfície articular se aproxima uma da outra com as seguintes características :

- A compressão causa diminuição no espaço articular entre as partes ósseas,

- Ocorre normalmente nos membros inferiores e na coluna durante a sustentação do corpo,

- Ocorre compressão com a contração muscular gerando estabilidade articular, impedindo lesões articulares,

- Com a compressão o líquido sinovial move-se para as estruturas articulares avasculares nutrindo-as e lubrificando-as,

- Cargas excessivas de compressão causam lesões articulares, principalmente na cartilagem articular.

Tração: Durante o movimento de tração as superfícies articulares afastam-se uma da outra com as seguintes características .

- Ocorre separação das superfícies articulares quando são puxadas distalmente uma da outra.

- Pode ocorrer tração no eixo longo do osso resultando em deslizamento caudal .

- Pode ocorrer tração em ângulo reto onde resulta na separação articular propriamente dita.

Referências:

  • KALTENBORN, F.M.; Mobilização Manual das Articulações; Vol I, 5ª Ed. Manole
  • http://www.wgate.com.br , acesso em 16/04/2010.
About these ads

Sobre Valéria Sachi Magazoni

Possuo graduação em Fisioterapia pela Universidade de Ribeirão Preto (1989), especialização em Fisioterapia Desportiva pela Universidade Metodista de Piracicaba (1992) e mestrado em Mestrado em Fisioterapia pelo Centro Universitário do Triângulo (2001). Trabalho no Centro Universitário do Triângulo - Unitri desde 10/02/1992 onde exerci e exerço as seguintes funções: - Profª das disciplinas: Clinica Médica I e II, Fisioterapia Ortopédica e Traumatológica I e II, Fisioterapia Reumatológica, Fisioterapia Preventiva e Ergonômica, Fisioterapia nas Disfunções Posturais, Cinesiologia e Propedêutica Fisioterapêutica II e Estágio Supervisionado. Funções administrativas: Coordenação de Estágio Supervisionado, Coordenação do Curso de Fisioterapia e Gestora da Área de Desporto e Reabilitação (Educação Física, Estética e Fisioterapia). Tenho formação profissional principalmente em Fisioterapia Ortopédica e Traumatológica, Reeducação Postural Global, Osteopatia e Equilíbrio Neuro Muscular. Orientei e fui banca examinadora de vários Trabalhos de Conclusão de Curso e iniciação científica. Organizo vários eventos científicos na área de Estética e Fisioterapia. Fui membro do Comitê de Ética e Pesquisa, no Centro Universitário do Triângulo. Tenho experiência na área de Fisioterapia, atuando principalmente nas seguintes especialidades: Fisioterapia Ortopédica e Traumatológica, Fisioterapia Reumatológica, Disfunções Posturais, Cinesiologia e Propedêutica e Terapia Manual. Integrante do Banco de Avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – BASIS.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s